Tailândia terá Centro de Atendimento à Mulher em Situação de Violência

COMO DEVE FUNCIONAR O CENTRO DE ATENDIMENTO À MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA DE TAILÂNDIA?

No dia 23 de julho de 2020, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Tailândia (CMT), nos termos do Artigo 168 do Regimento Interno da Câmara, encaminhou ao chefe do Poder Executivo Municipal, prefeito Macarrão, a adoção de providências visando à elaboração de Projeto de Lei inserindo na competência da Secretaria Municipal de Assistência Social, “Instituindo a criação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência”.

Ou seja, fica na incumbência do prefeito municipal a elaboração de um Projeto de Lei para a criação do referido Centro.

Como funcionaria o Centro de Atendimento à Mulher em Situação de Violência?

Esse serviço de acolhimento institucional deverá funcionar para oferecer um serviço especializado de atendimento integral qualificado e humanizado às mulheres em situação de violência doméstica de maneira a promover sua cidadania e evitar sua revitimização.

Segundo a indicação do vereador Lauro Hoffmann, o município de Tailândia “com a implantação desse Centro estará na vanguarda deste formato de atendimento, pois será o único Município do Estado a ofertar tratamento integrado à mulheres vitimas de violência”.

Dentre os serviços ofertados estarão disponíveis, assistência Jurídica, Psicólogo, Médica, Física e Assistência Social.

Por fim, o objetivo desta Indicação, visa o abrigamento de Mulheres em situação de risco, bem como oferecer o acolhimento provisório, proporcionando ambiente acolhedor individualizado e especializado nos termos em que é proposto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *