Tailândia deve receber ampliação de médicos especialistas e hemodiálise no HGT

O prefeito de Tailândia, Paulo Jasper Macarrão e o conjunto dos vereadores do município, situado no nordeste do Pará, tiveram uma reunião com o Secretário Adjunto de Saúde do Estado, Dr. Cipriano Ferraz, para tratar de diversas situações que têm marcado o relacionamento com o Hospital Geral de Tailândia (HGT) nos últimos tempos.

O HGT é uma instituição hospitalar pública administrada por uma Organização Social (O.S.), que nem sempre caminha ao lado da Prefeitura de Tailândia, no que diz respeito ao atendimento e serviços de consultas de médicas especialistas. Por outro lado, o prefeito Macarrão nunca furtou–se a fazer parceria com o HGT, sobretudo durante a pandemia, com a cessão de respiradores e insumos de intubação, medicamentos, oxigênio e recursos humanos.

A gota d’água dessa vez se deu pelas negligências com paciente em situação grave, que necessitam de urgência de transferência, que ficou notório nos sites de notícias, na programação jornalísticas na rádio e televisão noticiando as denúncias que chegavam até o prefeito Macarrão, transformadas em protesto do prefeito.

Em consequência, o governador Helder enviou ao município o Dr. Cipriano Ferraz, secretário adjunto de saúde para que o mesmo resolvesse a situação instalada no município pelos péssimos atendimentos e descasos com a vida humana no HGT.

A priore, o Dr. Cipriano antecipou já em sua recepção na pista de pouso que “o governador Helder havia pedido para comunicar a autorização para implantação da Hemodiálise no município”, num prazo máximo de um ano, que surpreendeu os presentes

“Essa questão da hemodiálise passa pela elaboração do projeto e do convênio para iniciar as obras da estrutura”, disse o Dr. Cipriano. Outra questão importante diz respeito a ampliação da oferta dos serviços de consultas de médicos especializados no município, que foi prontamente incluído nos termos que serão firmados pelo município e o governo do Estado.

O prefeito Macarrão escalou um Grupo de Trabalho formado pela sua equipe, os vereadores e a imprensa, “para dar transparência em todo o processo”, disse o prefeito.

Nesta sexta-feira (10), será realizada a primeira reunião deste grupo de trabalho, em Belém, para colocar no papel as reivindicações do município, bem como a construção do projeto da hemodiálise.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *