Tailândia transfere mulher grávida hipertensiva para Belém, neste domingo (4)

Muitos ainda questionam o serviço do Aeromédico e o consideram desnecessário. Mas, para um parente ou conhecido quem precisou, a transferência área faz a diferença numa região que tem um rodovia estadual com diversos problemas como a nossa.

Transferências

Mulher grávida em transferência

Nestes quatro anos de existência, o Aeromédico já fez mais de 650 transferências e resgates, sendo mais de 15 transferências somente nestes meses de janeiro, fevereiro e março.

Socorro que vem do céu

“Minha mãe tem pressão e teve um início de AVC, aí o prefeito Macarrão mandou levar ela na aeronave, e hoje ela tá boazinha, mas do jeito que ela tava, não chegava de jeito nenhum em Belém se fosse de ambulância”, lembra Antonieta Marinho, moradora do Aeroporto.

Transferência de pessoa hipertensiva

A transferência deste domingo (04), foi de paciente gestante primigesta, com doença hipertensiva gestacional, entrou em trabalho de parto prematuro 34 semanas, encaminhada para Belém

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *